Sons que a criança precisa reconhecer antes dos 3 anos


Margareth Darezzo
Margareth Darezzo | Foto: Divulgação

Com livros e CDs premiados e mais de 80 músicas no seu repertório, Margareth Darezzo se tornou referência em educação musical para bebês até 3 anos e hoje atua como especialista na capacitação de professores da Educação Infantil e Ensino fundamental

Há 20 anos o trabalho de Margareth Darezzo se desenvolve num ambiente cercado crianças em escolas e de bebês, e mamães curiosas em grupos particulares por suas histórias cantadas e interações lúdicas.

Em suas aulas trabalha a educação musical e oferece oportunidades para a criança desenvolver a percepção e expressão de diversas formas, com composições próprias para cantar, dançar, se movimentar, tocar instrumentos… “O importante é que, ao longo do tempo, essa escuta vá se dando de maneira consciente, aperfeiçoando a percepção e a expressão dos bebês” afirma Margareth.

Nascida em São Carlos, cresceu ao som das aulas de piano que sua mãe lecionava para adultos e crianças em sua casa. Junto com sua irmã, estavam acostumadas a tocar a quatro mãos para visitas e apresentações no colégio, onde também colaboravam / nas aulas da pré-escola e na banda das alunas.

Mesmo com tanto talento, seguiu por caminhos diferentes, se formou em publicidade, mas sempre com a música presente em sua vida! E foi além, é Mestre em Educação Especial pela UFSCAR, Especialista em Psicologia Infantil, com Extensão Universitária em Neuropsicologia: emoção e cognição, com aperfeiçoamento em Neurociências, linguagem e aprendizado e Extensão em Neuropsicologia do desenvolvimento e suas interfaces.

Compositora do CD Canteiro lançado em dezembro de 2007, com arranjos e Direção Musical de Pichu Borrelli (seu marido) e participação especial de Dominguinhos;

Com tanta experiência e amor pelo que faz não poderia obter resultados diferentes, o CD Canteiro, recebeu o Prêmio FUNARTE de Música Brasileira no projeto de Formação para professores chamado “Semeando Jardineiros”.

Esse CD deu origem ao seu primeiro livro “Canteiro – Músicas para Brincar” que foi indicado ao prêmio Jabuti e recebeu o selo Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).

O livro “Canteiro – músicas para brincar” foi publicado pela Ática em 2011 e foi feito para compartilhar as atividades que desenvolve com as canções, tanto em sala de aula como em grupos particulares. “Como o repertório do CD independente tem músicas para várias idades, para o livro selecionamos 9 faixas do Canteiro mais 6 faixas novas , tudo voltado para a criança de 6 a 8 anos ler, ou leitura acompanhada a partir dos 3 anos”.

Em 2015 lançou seu segundo livro com CD “Quem vem lá”? Música e brincadeira para o bebê – publicado pela Melhoramentos, este livro traz canções para os 3 primeiros anos de vida.

São momentos especiais como o acordar, dormir, banho, troca de fralda, aquisição de fala e brincadeiras. Ela propõe uma boa conversa “Neste livro tenho uma conversa com os pais, cuidadores ou educadores, num convite ao convívio amoroso e orientações de estímulo” afirma a escritora.

O livro tem página dupla para a conversa com os responsáveis pela criança, outra página dupla com ilustrações para brincar com a criança, e no final do livro tem sugestões de atividades para grupos. “Minha vida é linda! Vivo cantando com crianças e suas famílias, com alunos e professores, e desejo que continue assim!” resume Margareth.

A importância de trabalhar os sons na primeira infância faz com que a criança e o cuidador construam um repertório que funciona como mais uma linguagem para o bebê perceber o mundo e dá início a trocas importantes para a formação de vínculos afetivos entre todos os envolvidos “ O vínculo criado nessa fase permanece para a vida toda em um repertório de canções e brincadeiras que ficam na memória afetiva da família; tenho mães de alunos que trazem seus filhos para as aulas por entenderem o valor que a música trouxe para suas vidas” conclui Margareth.

Uma característica que se tornou marca registrada de todo material produzido é a qualidade dos arranjos e das gravações. A ideia é viabilizar uma escuta agradável tanto para a criança quanto para a família.

Sobre Margareth Darezzo

Nascida em fevereiro de 1962 em São Carlos, casada com o músico Pichu Borrelli, Arte educadora e Compositora, Publicitária pela PUCCAMP; Mestre em Educação Especial pela UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS; Especialista em Psicologia Infantil – UNITAU; Extensão Universitária em Neuropsicologia: emoção e cognição – PUCC; Aperfeiçoamento em Neurociências, linguagem e aprendizado – CEFAC; Extensão em Neuropsicologia do desenvolvimento e suas interfaces – Dr Mauro Muszkat – NEUROCLIN; Especialista em Neuroeducação pelo CEFAC.

Compositora do CD Canteiro lançado em dezembro de 2007, com arranjos e Direção Musical de Pichu Borrelli e participação especial de Dominguinhos; professora, compositora e autora do livro Canteiro Músicas para brincar – Editora Ática lançado em setembro de 2011, que recebeu o Selo Altamente Recomendável na categoria informativo pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil e foi indicado ao Prêmio Jabuti 2012; Prêmio Funarte de Música Brasileira 2012; Ministra aulas de música para mães e bebês em grupos particulares há mais de 20 anos; Trabalhou em escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental em São Paulo de 1994 até 2010; Ministra cursos, palestras e oficinas para profissionais da educação desde 1995.

Anterior Jungmann critica falta de debate sobre sistema penitenciário
Próximo Cruzeiro joga bem e vence o Corinthians por 1 X 0