Apesar de sair atrás no placar, com muita garra e apoio da arquibancada, o Gigante da Colina alcançou o gol de empate, com Caio Monteiro. Com o resultado final, em 1 a 1, o time de Zé Ricardo segue vivo na briga por uma vaga na Libertadores.

O próximo compromisso do Cruzmaltino na competição nacional será diante do Atlético-MG, nesta quarta-feira (15), em São Januário, às 21h45.

O JOGO

Jogando diante de sua torcida, o Vasco foi dono da primeira boa oportunidade do duelo. Aos quatro minutos, Madson recebeu um lançamento e subiu em velocidade. O lateral-direito foi parado com uma falta, logo em seguida cobrada com perigo por Nenê. Mais tarde, Pikachu fez uma bela jogada individual e arriscou a finalização, mas a defesa tricolor apareceu para afastar o perigo. Com a marcação adiantada, o Gigante da Colina não oferecia oportunidades ao adversário.

Aos 18 minutos da etapa inicial, Nenê cobrou escanteio com perigo. A bola passou pela marcação, Edimar cortou pra trás e Paulão estava pronto para finalizar. Antes disso, Rodrigo Caio apareceu a tempo de evitar o que poderia ser o primeiro gol da partida. Adiante, aos 28, Nenê subiu pela esquerda e mandou uma bomba por cima da meta de Sidão. O auxiliar marcou impedimento no lance vascaíno, de maneira equivocada. Em mais uma chance com o camisa 10, após Rios sofrer falta na entrada da área, a cobrança perigosa levou perigo ao gol paulista.

Perto do fim do primeiro tempo, aos 39, Marcos Guilherme roubou a bola e finalizou: São Paulo 1 a 0. Sem se abater, o time de São Januário seguiu buscando balançar as redes e encontrou uma boa chance com uma jogada de Jean. O volante arriscou de fora da área, a Redonda chegou em Ríos, que fez pivô para Paulinho. O jovem chutou, mas a bola acabou desviando na defesa rival.

O Gigante da Colina voltou para o tempo final pressionando o São Paulo. Quando o cronômetro marcava três minutos, Henrique chegou na linha de fundo e cruzou para Nenê cabecear, mas Hernanes se antecipou e ficou com a bola. Mais tarde, em cobrança de falta pela esquerda, Evander bateu direto para o gol. A redonda passou bem perto da trave de Sidão e saiu pela linha de fundo. Aos nove, Pratto arriscou de fora da área, mas a bola passou por cima do gol de Gabriel Felix.

Aos 13 minutos, Paulinho avançou na entrada da área, bateu bem na bola, mas acabou encobrindo meta de Sidão. Quando o cronômetro marcava 24 minutos, o Vasco levantou uma bola na área e Caio Monteiro encheu o pé, mas o camisa 1 adversário espalmou. A defesa paulista não resistiu à pressão vascaína e, aos 30, após Ríos chutar da entrada da área, a bola bateu em Rodrigo Caio e sobrou para Caio Monteiro, que mandou no fundo da rede: VASCO 1 a 1.

Os minutos finais foram de pressão vascaína. Aos 40, Madson recebeu pela esquerda, limpou Edimar e chutou com perigo por cima. Na sequência, após cruzamento na entrada da área, Paulinho cabeceou com perigo e quase garantiu a virada.

FICHA TÉCNICA

VASCO DA GAMA 1 X 1 SÃO PAULO
Campeonato Brasileiro – 34ª rodada

Data/Horário: 12/11/2017, às 17 horas
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (CBF/RS)
Auxiliares: José Calza (CBF/RS) e Mauricio Penna (CBF/RS)
Cartões amarelos: Henrique (Vasco); Arboleda e Edimar (São Paulo)
Cartão vermelho: Éder Militão (São Paulo)
Gols: Marcos Guilherme (São Paulo – 39’/1ºT) e Caio Monteiro (Vasco – 30’/2ºT)

VASCO: Gabriel Felix, Madson, Rafael Marques, Paulão e Henrique; Jean (Caio Monteiro), Gilberto (Evander), Yago Pikachu (Wagner), Paulinho e Nenê; Andrés Ríos. Treinador: Zé Ricardo.

SÃO PAULO: Sidão, Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Maicosuel (Lucas Fernandes), Petros, Hernanes e Marcos Guilherme (Aderllan); Lucas Pratto (Gilberto). Treinador: Dorival Júnior.

GOLS DA RODADA