Incontestável, Chapecoense vence o Inter na Arena Condá


A segunda-feira, aqui em Chapecó, não teve nada de apática. Isso porque a Chapecoense protagonizou, nesta noite, um novo ato da sua heróica reação e brindou os quase 17 mil torcedores presentes na Arena Condá com mais uma vitória de virada. Além do resultado positivo, o público assistiu a uma atuação envolvente, do começo ao fim, e presenciou um teste para cardíacos, com direito a três pênaltis anotados pela arbitragem e defesa de Jandrei no apagar das luzes.

A partida

Com o mesmo time que iniciou a partida e garantiu a vitória contra o Atlético-PR, na última quinta-feira (13), a Chape começou o embate indo pra cima do adversário. Logo aos 7 minutos, a equipe alviverde levou perigo ao gol de Marcelo Lomba em cobrança de falta de Diego Torres. Do outro lado, o Inter apostava nas jogadas de velocidade para tentar romper a forte marcação verde e branca.

Numa das tentativas, a arbitragem anotou pênalti em cima de Pottker. Na cobrança, aos 26 minutos, Nico Lopez inaugurou o placar. Para reverter os números da partida, a Chape continuou pressionando e, aos 32, Diego Torres carimbou o travessão em nova cobrança de falta. Para tornar efetiva a superioridade do Verdão no jogo, Leandro Pereira, aos 36, subiu mais alto que a zaga colorada e deixou tudo igual na primeira etapa de partida.

A Chape voltou para o segundo tempo mantendo o mesmo ímpeto e logo passou a controlar, novamente, as ações da partida, anulando a criatividade da equipe adversária. Aos 32, Bruno Silva disparou ao ataque e lançou Leandro Pereira. O camisa 90 finalizou, mas a bola bateu na mão de Victor Cuesta, levando à expulsão do zagueiro e a confirmação da penalidade máxima.

Na cobrança, Leandro Pereira chamou a responsabilidade e estufou as redes, colocando a Chapecoense em vantagem. Nos minutos finais da partida, o Inter esboçou uma reação e, aos 48, teve novo pênalti assinalado em seu favor. Damião foi para a cobrança, mas, sob a meta verde e branca, Jandrei executou o milagre, fazendo grande defesa e dando números finais à merecida vitória da Chapecoense, que tira a equipe da zona de rebaixamento.

Após a partida, o técnico Guto Ferreira elogiou a postura do time e destacou a importância da incontestável vitória. “Não foi uma vitória qualquer. Foi uma vitória sobre o líder do Campeonato, até então. Uma vitória sem questionamentos. Um primeiro tempo em que nós mandamos no jogo. (…) Nós tivemos competência de empatar o jogo, tivemos chances de gol para virar, até que tivemos um pênalti a nosso favor. (…) Foi fantástico. Foi muito bom. Duas vitórias seguidas, fora da zona de rebaixamento, afirmando uma equipe que começa a sua retomada”, disse.

Próxima partida

A Chape volta a campo na próxima segunda-feira (24), novamente na Arena Condá, para partida contra o Fluminense. O jogo, válido pela 26ª rodada do Brasileirão, acontece às 20h.

Anterior Sono x Humor: por que algumas pessoas acordam irritadas
Próximo Avidus School investe em ensino sem paredes para aprendizado